Crítica | Vango - Entre o Céu e a Terra Destaque

Sinopse

Salvar a pele e, ao mesmo tempo, descobrir a própria identidade. Este é o grande desafio de Vango, o jovem herói do novo romance do escritor francês 'Timothée de Fombelle'.
 
Ao ler esse thriller histórico, ambientado no conturbado período entre as duas grandes guerras mundiais, somos impelidos a fugir com Vango pelos cinco continentes, num clima de absoluto perigo e suspense.
 
Este rapaz órfão de 19 anos desconhece sua origem assim como desconhece a motivação do franco atirador que, além da polícia, está em seu encalço. Deparamo-nos com Vango na solenidade em que ele e outros seminaristas seriam ordenados padres na suntuosa catedral de Notre-Dame, em Paris. O assassinato do padre Jean, seu protetor, desencadeia a perseguição ao rapaz, que empreende uma fuga espetacular ao escalar nada menos do que os famosos vitrais da catedral. Essa cena é apenas um exemplo do clima de perseguição e aventura de que é feita toda a narrativa, quando acompanharemos nosso protagonista em situações e lugares improváveis - como um intruso escondido num caça da SS, galopando nas Terras Altas da Escócia, dependurado num vulcão italiano ou sobrevoando o Brasil e vários outros lugares num zepelim.
 
O fracasso em não ter sido ordenado padre deixa nosso herói arrasado, mas a jovem Ethel fica bem feliz. É ela quem vai ajudar Vango a provar sua inocência e descobrir sua identidade. Também fazem parte da saga outros personagens marcados por vidas cheias de segredos, como Mademoiselle, a Senhora Poliglota e sem memória com quem Vango é salvo do naufrágio na costa da Sicília aos três anos de idade e Hugo Eckner, personagem verídico, comandante alemão do Graf Zepelin, esse grande dirigível que fascinou o mundo nas primeiras décadas do século XX. Outras personalidades incorporadas à história são Joseph Stalin, sua filha Svetlana e Adolf Hitler.
 
Resenha

A história de Vango se passa no período de duas guerras mundiais, e nesse mesmo momento o jovem está prestes a ser ordenado padre, porém a vida e o destino de Vango dão uma grande reviravolta quando o padre Jean, o seu protetor é assassinado. A partir daí se inicia uma perseguição ao rapaz e sua aventura ao redor dos cinco continentes.


Ao decorrer da história descobrimos mais sobre o nosso herói, além de ser um rapaz extremamente inteligente e que fala diversos idiomas, ele possui amigos em várias partes do mundo.

Durante a aventura Vango entra numa crise de identidade, o fato de não ter sido ordenado padre deixa o rapaz arrasado, mas é através de uma de suas amizades que ele encontra ajuda e uma forma de desvendar seu verdadeiro eu.

Ao término do livro tive a sensação de que muitas perguntas ficaram sem respostas, mas ao que tudo indica todos esses questionamentos serão respondidos em um próximo livro, já que a história foi divida em dois livros. Então vamos aguardar, nossa próxima viagem será em Vango – Um Príncipe Sem Reino.

 

 

Sobre o autor

Andréa Loureiro

Andréa Loureiro, carioca, jornalista pela Universidade Estácio de Sá. Já atuou na produção do Festival do Rio de Cinema; no programa Brasil Got Talent e na Imprensa de Jogos Mundiais Militares do CISM. Ela é colunista de Cultura no Satisfashion Brazil.

 

comentários12

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Quem Somos

O Satisfashion Brazil conquistou em pouco tempo credibilidade e a confiança de seus leitores e parceiros, tornando-se referência em Moda e Cultura.

 

Últimos posts

Newsletter

Participe de nossas campanhas e informativos sobre tendência de moda e brindes