Satisfashion Entrevista: Jullie Costa

O Satisfashion Brazil teve o prazer de entrevistar Jullie Costa. Ela é uma das grandes no cenário musical. Confira como foi este bate-papo:

SF: Como e quando você descobriu a sua vocação para a música? A sua família deu apoio?

JULLIE COSTA: Desde pequena, me interessei por música e sempre gostei da trilha sonora dos filmes da Disney. A minha avó materna fazia aulas de teclado, em casa, e eu gostava de participar. Nessa época, já sonhava em cantar. Na adolescência, era apaixonada por musicais da Broadway, vivia cantando "Somewhere Over The Rainbow" e isso emocionava a minha mãe. Pensei em participar do programa "Ídolos", mas desisti porque tinha prova no dia seguinte. Depois, aos 17 anos, minha mãe pediu para eu cantar uma música para as amigas delas, "Safe and Sound", da cantora americana Taylor Swift, e todas ficaram chocadas. Com isso, a melhor amiga da minha mãe, Giliane Altomare, insistiu para que eu fizesse aulas de canto para aprimorar e, desde então, há quatro anos, aprecio cada momento com os meus professores.

Minha família sempre apoiou os meus sonhos, principalmente a minha mãe, e, por isso, sou extremamente grata. Acredito que não haja palavras suficientes para expressar tamanha gratidão.

SF: No seu canal no youtube, você faz cover de canções famosas como "Skyfall" da cantora Adele, "Pillowtalk" do Zayn e "The Scientist" do Coldplay. Como é feita a escolha das músicas que você fará o cover?

J.C: Sempre temos que ter um cuidado especial, ao se tratar de um "cover" porque é o trabalho de outro artista. Assim, procuro selecionar músicas nas quais eu me conectei emocionalmente de alguma forma, ou aquelas que posso contribuir, seja através de uma interpretação diferente, alguma identidade e característica tipicamente minha ou de um arranjo. Sempre apresento as minhas ideias para os meus professores, para o produtor do disco, Max Pierre, e para meu parceiro musical, Sergio Knust, que, inclusive, me dá aulas de composição e de violão. Estamos em sintonia, ele me entende como ninguém, sempre chega com novos arranjos e o nosso trabalho flui naturalmente.

SF: Com qual artista ou banda você gostaria de fazer uma parceria musical?

J.C: Eu adoraria fazer parcerias com vários artistas e bandas, ainda mais porque eu sou uma amante da música. Escuto 24 horas por dia e me identifico com estilos variados, mas se eu tivesse que escolher os principais, na música brasileira, adoraria fazer uma parceria com o Nando Reis e a Roberta Campos, que possuiem composições maravilhosas e transmitem uma mensagem clara e simples. Em relação ao mercado internacional, escolheria Adele, Birdy, The Luminiers ou John Mayer. Todos eles têm características peculiares, com as quais eu me identifico mais como artista.

SF: Até o fim deste ano será lançado seu primeiro EP. Por favor, pode nos contar um pouco mais deste trabalho?

J.C:  O meu EP "Te desenho em palavras" foi desenvolvido com muito amor e carinho por todos os envolvidos, com a produção musical de Max Pierre e coprodução de Sergio Knust, ex-guitarrista da banda Yahoo, e com a participação dos músicos Alexandre Cavallo, João Viana, também filho do cantor Djavan, José Lourenço, pianista do Erasmo Carlos, entre outros.

Temos seis músicas. Duas, eu compus com o Serginho, a que dá nome ao álbum, além de "Paraíso Irreal". A única regravação será "Nada Mais", da Gal Costa, que foi uma versão que a mesma criou para "Lately", do Stevie Wonder.

Quando entrei em estúdio para gravar, fiquei tão emocionada porque não conseguia acreditar que estava finalizando o meu primeiro trabalho. Com certeza, foi um dos dias mais felizes da minha vida.

SF: Como é sua relação com seus fãs?

J.C:  Regada de amor, carinho, gratidão e respeito. Eles são maravilhosos! Como ainda estou começando, ainda não tive a oportunidade de conhecer todos, mas os que eu conheço, já são considerados muito especiais. Aproveito para agradecer a todos pelo carinho!

SF: Pode revelar algum detalhe do vídeo clipe "Te desenho em palavras" que foi gravado recentemente? Quando ele será lançado? E a música foi inspirada em alguém real?

J.C:  O clipe "Te Desenho em Palavras", com direção do João Mário Nunes, foi gravado em uma casa na Barra da Tijuca, aqui no Rio, e buscamos mostrar um momento intimista delicado e muito romântico. Acredito que todos irão se identificar com ele, de alguma forma. Na verdade, foi inspirado em vários livros de romance que li na época, como "One Day", de David Nicholls, "Outlander", de Diana Gabaldon, e "Romeu e Julieta", do William Shakespeare. Todas essas histórias me ajudaram a descrever e imaginar a cena presente na música.

SF: Por favor, pode enviar um recado para os leitores do Satisfashion Brazil?

J.C: Nunca desistam dos seus sonhos. Haverá momentos em que os outros duvidarão de você ou desejarão que não alcance o que deseja, mas acho que o mais importante de tudo, é acreditar em si mesmo e não deixar se abalar. Acredite, siga em frente e sempre esteja rodeado daqueles que te apoiam e te amam pelo que você é.

Enquanto o clipe de "Te desenho em palavras" não é lançado, encantem-se com o teaser:

[yt_youtube url="https://www.youtube.com/watch?v=-0s2_UKMfqM" width="600" height="400" responsive="yes" autoplay="no" ]

 

Crédito da Imagem: Marcos Samerson

 

 

 

Compartilhar

Sobre o autor

Babi Bernardo

Babi Bernardo, carioca, Designer de Moda pelo SENAC-RJ, Personal Stylist pelo curso da Dany Padilla, cursando Gestão de Varejo pela UNIVAR-UCAM, especialista em Fashion Buying & Merchandising pela London College of Fashion. Trabalha no varejo há sete anos com foco em Compras. É editora-chefe do Satisfashion Brazil.

 

 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Quem Somos

O Satisfashion Brazil conquistou em pouco tempo credibilidade e a confiança de seus leitores e parceiros, tornando-se referência em Moda e Cultura.

 

Últimos posts

Newsletter

Participe de nossas campanhas e informativos sobre tendência de moda e brindes