Música

Na sexta, 18, o músico, produtor e DJ carioca, Johnny Glövez, apresenta a sua festa autoral, “Meu nome é Johnny”, na Pink Elephant Rio, na Barra, a partir das 23h.

Com pouco mais de três anos de carreira, em 2014, Johnny ficou em 28º lugar entre os 50 melhores DJs do Brasil pela revista especializada House Mag. Ele é considerado um dos maiores destaques da cena eletrônica brasileira na atualidade e emplacou dois hits em novelas da Rede Globo simultaneamente: “Don´t wanna touchdown”, em Babilônia, e “In my way”, na nova temporada de “Malhação – Seu lugar no mundo”.

Para esse grande evento, Johnny terá três importantes convidados, que vão dar o que falar: o DJ e produtor alemão, Phonique, vencedor do prêmio de melhor DJ de Deep House do mundo pela DJ Award de Ibiza, badalada premiação na Espanha; Moshe, uma das maiores promessas do cenário da música eletrônica brasileira, que já teve músicas tocadas no Tomorrowland Brasil; Diogo Accioly, conhecido pelo projeto "Talking Props", o paulista coleciona passagens por clubs internacionais.

A Pink Elephant Rio é a primeira franquia carioca de uma das maiores marcas de entretenimento noturno global e maior rede de casas noturnas da América Latina.

SERVIÇO:

Pink Elephant Rio

Endereço – Av. Armando Lombardi, 333 – Barra da Tijuca

Telefone: (21)3596-0800

Dias e horário de funcionamento da casa – Quartas, sextas e sábado - 23h às 06h

Forma de pagamento: Dinheiro e todos os cartões

Capacidade – 800 pessoas

Classificação etária – 18 anos

A casa possui serviço de valet park.

Sexta-feira – 18/09

Festa “Meu nome é Johnny”

Atração principal – DJ Johnny Glövez

Convidados:

DJs Phonique, Moshe e Diogo Accioly

Valores:

Primeiro lote:

Feminino - R$30,00

Masculino - R$60,00

Segundo lote:

Feminino - R$40,00

Masculino - R$80,00

Vendas – www.ingressocerto.com

Camarotes – Sob consulta através do e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Quer conhecer mais sobre Johnny Glövez ? Confira a entrevista que fizemos com o DJ, clicando aqui

 

*CRÉDITO – MARCOS SAMERSON

*Texto enviado pela assessoria de imprensa e postado na íntegra

Ele não para! Depois de comemorar 20 anos de carreira com os Backstreet Boys e de encerrar com sucesso a tour mundial  In A World Like This, Nick Carter se jogou para valer da dança. O caçula da boyband mais famosa do mundo mostrou todo o seu gingado na estreia da vigésima primeira edição do Dancing With The Stars, programa musical onde as celebridades dançam a cada semana. Para se ter uma ideia, o quadro de sucesso Dança dos Famosos, presente no Domingão do Faustão foi baseado no programa dos EUA.

Vestido com o terno azul que usou durante a última turnê dos Backstreet Boys, Nick, ao lado de sua parceira de dança Sharna Burgess, deslizou facilmente na pista ao som de I don't like it, I love it, canção de Flo Rida feat. Robin Thicke e Verdine White.

Para delírio dos fãs, Nick e Sharna fizeram o famoso passinho do hit Everybody, e já são apontados como os favoritos da competição. Confira a performance:

 

 

 

 

Em fevereiro desse ano, a apresentação de Katy Perry no Super Bowl foi o show mais assistido da história do evento. A cantora que não é nada boba, aproveitou essa conquista em sua carreira para eternizar a performance em um documentário. Sim, Katy e seus famosos tubarões irão para as telas do cinema.

Em Katy Perry: Making of the Pespi Super Bowl Halftime Show, Perry vai mostrar os bastidores antes da apresentação e como se preparou oara o grande dia, além de outras curiosidades. Infelizmente, a cantora ainda não divulgou quando os fãs poderão assistir ao filme, mas a produção será exibida no dia 12 de outubro durante o La Costa Film Festivam. Enquanto não chega a nossa vez de conferir o que Katy preparou, vamos assistir ao trailer do documentário:


 

A turnê ainda nem começou, mas Madonna já está liberando uma prévia do que os fãs irão conferir em breve.

Se no livro dos recordes existisse a categoria de o "ano dos barracos", com certeza o ano de 2015 já estaria no topo da lista. Parece que os famosos internacionais escolheram exatamente 2015 para dispararem contra os seus desafetos. Dessa vez a protagonista atende pelo nome de Azealia Banks. A rapper que é conhecida mais por suas tretas do que por sua música, utilizou o twitter para dar a sua opinião sobre o último VMA que aconteceu recentemente. Sem papas na língua, ou melhor, nos dedos, Banks tweetou que Nicki Minaj, Taylor Swift e Miley Cyrus fazem música sem graça. Confira as declarações abaixo:

"Todas vocês vadias são ridículas e fazem músicas sem graça e roubam o estilo das garotas do centro de Nova Iorque"

"É tão engraçado acordar e ver Nicki e Miley ou Nicki e Taylor brigando quando todas elas fazem músicas sem graça. É uma competição das sem graça. Sem graça, sem graça, sem graça".

 

Dentre as três cantoras, Azealia escolheu Miley Cyrus como alvo principal e disparou:

"Miley Cyrus deve saber que as mer*** dela são ridículas para car****. Tem que ser piada. Ela está tirando sarro de si mesma? Sim? Não?".

 

 

Peguem as pipocas porque se alguma delas responder será tiro, porrada e bomba! Ah, e ainda faltam alguns meses para o polêmico ano de 2015 acabar...

 

A canção Fight Song da cantora Rachel Platten está nas paradas de sucesso nos Estados Unidos.

Sim! Os ingressos para o show de São Paulo da banda americana Maroon 5 esgotaram em poucas horas, após ter suas vendas liberadas a meia noite no site da organizadora Tickets for Fun; e para os ingressos no Rio de Janeiro, a fila está imensa!

Taylor Swift. Taylor Swift. Taylor Swift. Sim, esse é nome que a gente tem mais escutado durante o ano, e parece que ele está longe de ser deixado de lado. Para variar um pouco, a loirinha praticamente dominou o Vídeo Music Awards exibido na noite do último domingo (30). Além de ter abocanhado quatro prêmios das nove categorias das quais foi indicada, a cantora lançou com exclusividade o clipe do seu mais recente single Wildest Dreams.

No vídeo, Taylor que aparece de peruca preta, vive uma atriz apaixonada pelo seu colega de trabalho, que parece não dar muita bola para ela. A produção tem ares de anos 60/70. Assista:

Logo após a exibição do clipe, Nicki Minaj foi a responsável pelo show de abertura ao cantar as músicas Trini Dem Girls e The Night is Still Young. A rapper estava lacrando como sempre, e até aí estava tudo normal. Até que do nada e para a surpresa de todos, surge nada mais nada menos do que Taylor cantando com ela. Além de dividir a canção com Minaj, Swift deu uma pequena palhinha de seu hit Bad Blood. Assista aqui.

A performance deixou todos de queixo caído, porque em julho desse ano as duas trocaram farpas no twitter justamente por causa das indicações do VMA. Nicki ficou furiosa porque seu hit Anaconda não foi indicado a vídeo do ano, e teria mandando uma indireta básica para Taylor. Enfim, águas passadas, e as duas já demonstraram que estão de boa na lagoa.

E por falar em fazer as pazes... Um dos momentos mais comentados da noite foi quando Taylor (sim, ela novamente) subiu ao palco para entregar o prêmio Michael Jackson Vanguard Award ao polêmco rapper Kanye West. Para quem não sabe (Oi? Onde você estava?) no VMA de 2009, Swift derrotou Beyoncé e mais outras cantoras ao ganhar o prêmio de Melhor Clipe Feminino pela canção You Belong With Me. Enquanto estava agradecendo, Kanye subiu no palco, pegou o prêmio das mãos da moça e disse simplesmente que quem merecia ganhar era Beyoncé! Esse sem dúvidas foi o momento mais constrangedor de todos os anos da premiação. Relembre abaixo:

Mas já se passaram seis anos e Taylor como é da paz e do amor, decidiu perdoar o rapper pela mega humilhação por qual passou. Em seu pedido de desculpas, Kanye declarou que desrespeitou Taylor como artista e que se tivesse a filha North West na época não teria feito o que fez.

Contente com a homenagem que estava recebendo, Kanye West parecia ter discurso para declamar até o final dos tempos, e sem polêmica ele não seria ele, não é? O cara criticou a própria MTV (emissora que o estava homenageando) ao dizer que o canal se aproveitou da treta dele com Taylor ao exibir repetidamente a confusão do VMA 2009. O rapper ainda foi além ao afirmar que havia usado drogas antes de sumir ao palco, e para fechar seu discurso com chave de ouro, declarou que vai concorrer a presidência dos Estados Unidos em 2020. Será que Kim Kardashian vai se tornar Primeira Dama dos EUA? #OMG

Polêmicas, tretas, e amizades a parte, em uma premiação de música o que não pode faltar é música, não é? Confira alguma das performances que se destacaram no Vídeo Music Awards 2015:

Nick Jonas cantou o single Levels durante o pré-show do VMA. Clique aqui

Justin Bieber caiu no choro no final da performance das canções Where Are U Now e What Do You Mean? Enquanto isso, Selena Gomez era vista mexendo no celular. Xi... Assista

No lado externo da premiação, Demi Lovato estava absolutamente linda cantando Cool For The Summer ao lado de Iggy Azalea. Além do seu mais recente single, Lovato apresentou a antiga Heart Attack.

 Veja: Cool For The Summer e Heart Attack

Tori Kelly pode ser ainda desconhecida do grande público, mas a cantora possui uma voz maravilhosa e arrancou elogios de todos. Assista

Dessa vez, nada de Happy! Ufa! Pharell Williams marcou presença ao cantar Freedom e Come Get It Bae:

Além de ser a apresentadora oficial do evento, Miley Cyrus lançou um novo álbum totalmente gratuito e ainda encerrou a noite com uma performance com a cara dela. Confira

 

 

Quem Somos

O Satisfashion Brazil conquistou em pouco tempo credibilidade e a confiança de seus leitores e parceiros, tornando-se referência em Moda e Cultura.

 

Últimos posts

Newsletter

Participe de nossas campanhas e informativos sobre tendência de moda e brindes