Confira dicas de viagem com a Manu Isidro do Blog Do Outro Lado do Mundo

Começo esse artigo com uma confissão: Sou vítima de uma doença terrível, algo que me consome e me tira o sono.

Entre os mais diversos sintomas tenho tremeliques, crises de ansiedade, borboletas no estômago e até mesmo um tiquinho de avareza (ajuda a transformar o objeto da minha doença em algo cada vez mais próximo). Sou uma viagemaníaca. Daquelas bem desvairadas, fervorosas, das que varam a noite pesquisando hotel, fazendo mil perguntas em blogs, guardando link de passeios nos favoritos do navegador, salvando fotos com ideias geniais, empunhando uma calculadora e fazendo mil conversões de moedas ao mesmo tempo.

Os viagemaníacos têm entre si uma filosofia que desconsidera cor, crença e etnia: Viajar é a única coisa que mesmo se repetida várias vezes, sempre é uma novidade. Você viaja, planeja tudo, gasta dinheiro, fica cansado, perde uma mala, mas mesmo assim você já volta planejando a próxima. Ou seja, é pior do que um vírus e se prolifera mais rápido do que uma bactéria. Viajar é uma doença e um prazer, tudo acontecendo ao mesmo tempo, com uma carga de emoção inimaginável.

Mas a melhor parte disso são as suas consequências: Viajamos de um jeito e voltamos de outro. E mais: sempre melhores, mais curiosos, mais gratos, mais felizes. Amyr Klink definiu da melhor forma possível o que poderia ser detalhado em um livro: "Um homem precisa viajar, por sua conta, não por meio de histórias, imagens, livros e tevês, precisa viajar, por si, com os olhos e pés, para entender o que é seu."  

Outro detalhe importantíssimo: não é o destino que faz sua viagem, é você! Não é preciso percorrer os 18 mil quilômetros que separam o Rio de Janeiro a Seoul (Coréia do Sul) para desfrutar dessa emoção, viajar é simples. 

A partir de hoje vamos viajar juntos por lugares incríveis, uns longe, outros perto, mas acima de tudo vamos mais do que simplesmente conhecer um país novo. Vamos enxergar pessoas de verdade e mergulhar em culturas que vão nos deixar de cabelo em pé, de espanto, de beleza e acima disso, loucos de vontade de conhecer. 

Sem ordem cronológica e planejamento conheça agora alguns lugares onde esse blog vai passar e comece a contagem regressiva para muitas aventuras! 

Coréia do Sul

Coréia: Muitas cores no Palácio Gyeonbokgung em Seoul

A mudança para o outro lado do mundo foi onde tudo começou. Criei um blog para contar as experiências e depois, esse hobby tomou totalmente conta de mim. A Coréia foi um dos lugares mais curiosos que já estive: cultura mais introspectiva que a nossa mas belíssima, culinária aromática e peculiar, parques e cachoeiras lindas e até uma ilha que os coreanos consideram o seu Havaí (Jeju). Sem dúvida, morar em um país cuja a língua não dominamos não é fácil, mas engana-se quem acha que isso limita opções. Conheci lugares inesquecíveis, fiz amigos, comi Kimchi e foi lá que pela primeira vez, vi a neve branquinha cair do céu.

  

  O Templo Haedong Yonggunsa é uma parada obrigatória em Pusan!!

 

Laos

Laos: Estátuas maravilhosas em Luang Prabang

Querer voltar lá não define o que sinto por esse lugar. Queria o Laos aqui na América do Sul. É possível? Que país lindo, de comida gostosa, de pessoas hospitaleiras e sorriso genuíno. Ainda não é a primeira opção para os que planejam uma rodada no Sudeste da Ásia mas eu vejo isso com bons olhos: primeiro porque ainda deixa o local menos abarrotado de turista, um lugarzinho bom para relaxar. Segundo porque quando não se espera muito é aí então que ao chegar o baque é maior e o encanto certeiro. Perca-se em Budas e Templos e faça uma viagem que vai mudar as suas perspectivas.

 

 Budha Park, na capital do Laos 
 

Nova Zelândia

Nova Zelândia: Muitas aventuras em Auckland

A única parte triste é saber que ela fica tão longe. Mas esse é o fator fundamental que motiva aproveitar 25 horas do seu dia chegando nesse paraíso. Uma ilha lá na curva do globo com influência asiática, européia e polinésia e simplesmente considerada a capital dos estudantes e dos esportes radicais. Precisa de algo mais para te convencer que vale a pena conhecer?

 

 
 
Um passeio pelo  interior e muito verde!
 

 Croácia

Croácia: A ilha de Hvar junta história, praias e muita beleza!

No dicionário ao lado da palavra Croácia tem escrito: PARAÍSO (sim, em letras maiúsculas). Praias paradisíacas, uma comida fenomenal, gente bonita, céu azul, vida noturna de referência mundial, muitas praias e uma beleza que não acaba nunca. O Leste Europeu de uma forma geral vive hoje o seu apogeu turístico e sem dúvida nenhuma a Croácia encabeça essa lista com um roteiro completo, preço acessível e muito diversificado.

 

 

Dubrovnik é tão maravilhoso que não podiam ter encontrado lugar melhor para ser cenário de King's Landing, em Game of Thrones
 

 

Egito

Egito: Andando de camelo no Cairo

Que tal uma viagem no tempo? Não estou falando de voltar 100 anos atrás mas sim de ver como era o mundo 3 mil anos antes de Cristo. O berço da civilização humana, as descobertas incríveis de um povo que foram os percursores da medicina e astronomia e que inventaram a maquiagem para os olhos. Como não amar muito a quem nos faz mais bonitas a cada festa, casamento, formatura e etc né? :)

  

 O incrível Templo de Abu Simbel, datado de 1284 A.C.
 
 

China

 China: Na Grande Muralha temos noção de como somos pequeninos

Sem dúvida um dos melhores destinos para quebrar paradigmas e ver um mundo que SÓ existe na China. Comer espetinho de escorpiões é só o começo, uma visita a Grande Muralha muda toda nossa percepção de vida e faz qualquer ser humano, por mais gélido que seja, a repensar como esse mundão é maravilhoso.

 

 As iguarias chinesas estão por toda parte

 
  Áustria
 
Áustria: No Palácio de Schönbrunn
 

Viena é minha cidade do coração na Europa. Realiza o sonho de toda menina que gostava de princesas com o Palácio da Sissi e ao mesmo tempo oferece inúmeras atrações atuais – além de uma rua de compras maravilhosa – que atrai o público mais eclético de todos. Conheça a sala onde Mozart fez seu primeiro concerto, saindo de lá passe no Graben para umas comprinhas, em seguida admire a Catedral da cidade e depois siga para uma ópera de tirar o fôlego. Não gosta de ópera? Então, acompanha sua amiga que gosta (você não vai se arrepender, é realmente um espetáculo!) e depois pede para ela te acompanhar nas margens do Rio Danúbio onde rola uma vida noturna super divertida.

 

 
 
O maravilhoso Parlamento de Viena
 
 

Peru

Peru: Conquistando Huaynapicchu 

A melhor gastronomia de todo esse planeta está aqui. E o melhor: nem precisa gastar muito para ter essa certeza. Para completar, a cereja desse bolo fica a cargo da Cidade Sagrada dos Incas, Machu Picchu, que é tudo isso que te contam e um pouco mais. Mas antes, parar em Cusco não tem preço, um cantinho cheio de história, um povo fofo e os melhores souvenirs que já vi na vida. Todas as emoções são a mais de 3 mil metros de altura do nível do mar ao som de muita salsa e pisco sour.

 

 

  Pelas ruas de Cusco 

Inglaterra

Inglaterra: Na ponte de Londres

Sabe quando você tira férias e de repente se pega pensando: "Acho que seria feliz morando aqui". Foi exatamente essa certeza que tive na primeira vez que pisei na terra da Rainha (e continuo pensando até hoje, já foram três idas lá!!! É muito amor). Londres é diversidade pura, são tantas línguas, sotaques, caras e cores que fica difícil não se sentir em casa. Museus, musicais, boates, restaurantes, lojas (e outlets!!!!!), arquitetura linda, gente educada, troca da guarda, bebê real e etc e tal é só um aperitivo de tudo de bom que esse lugar oferece.

 

 
 
Os icônicos ônibus vermelhos e toda luz de Londres
 

Brasil

Brasil: Na praia do Sancho, em Fernando de Noronha

E quando a perfeição tá pertinho de você? Logo ali do lado, a 1 ou 3 horas de voo? Viajar pelo nosso Brasil é sempre uma descoberta. Somos mil países dentro de um só! Sem exagero, é exatamente assim que funciona: a culinária paraense leva ingredientes que nem poderiam ser cultivados no sudeste, as danças típicas do Sul carregadas de influência estrangeira acompanham trajes nunca experimentados por um maranhense, as praias do Nordeste deixam qualquer carioca – mesmo os acostumados com praia – de boca aberta. E o que falar do Pantanal? Essa região que consolida uma das maiores diversidades de fauna e flora do mundo? O melhor de tudo isso: é TUDO NOSSO queridos leitores, então vamos aproveitar sem moderação. 

  

 

 Nem só de praias vive o brasileiro, o mercado do ver-o-peso em Belém é um patrimônio do Brasil
  

Nepal

Nepal: Com os Sadhus no Templo de Pashupatinath

Guardo do Nepal lembranças lindas que nenhum terremoto me tira. País cuja a maioria da população vive abaixo da linha da pobreza, mesmo assim, a maior facilidade é encontrar nepaleses com sorriso no rosto e distribuindo simpatia. As crianças fofas são uma atração à parte e os templos milenares são um tesouro inestimável para um povo que de tão valioso, poderia ser feito de ouro.

 

Templo de Boudhanath

 

 Hungria

Hungria: Toda a beleza na Chain Bridge, em Budapeste

Arquitetura bela, romance, diversidade e preço. Esses pontos fazem de Budapeste um destino surpreendente! A cidade oferece um ambiente tão intimista que você deve considerá-la como uma paradinha obrigatória na sua próxima viagem. Oriunda do grandioso Império Austro-húngaro, a cidade exala beleza para todos os gostos: Gótico, Renascentista, Barroco, Art Nouveau, Otomana e Romântico. Ponto alto desta viagem é o orçamento - exceto para quem intencionalmente planeja uma viagem de gastança. Budapeste pode ser  um local mais barato do que os vizinhos e de ótimo acesso se você já está em outras cidades nas redondezas.

 O Bastião dos Pescadores é uma das atrações de Buda

  

Curtiu? Então acompanhe-nos que nas próximas semanas trarei mais dicas!

   

Beijos!


Manu

Editora do blog Do outro lado mundo (que também tem fan page e Instagram)!

Última modificação em 07/08/2015

Compartilhar

Sobre o autor

Manu Isidro

Paraense radicada no Rio de Janeiro, Bacharel em Relações Internacionais pela Universidade Estácio de Sá. Depois de morar um ano na Coréia do Sul, criou o blog Manu Do Outro Lado do Mundo para dividir suas experiências. É colunista de Viagens do Satisfashion Brazil.

Comentário1

  • Link do comentário Bia

    Bia

    08/08/2015

    Parabéns Manu, amei suas viagens. Quanta coisa linda você deve ter visto! Sucesso sempre! Bjs

    Relatar
Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Quem Somos

O Satisfashion Brazil conquistou em pouco tempo credibilidade e a confiança de seus leitores e parceiros, tornando-se referência em Moda e Cultura.

 

Últimos posts

Newsletter

Participe de nossas campanhas e informativos sobre tendência de moda e brindes